Estoque de sangue cai na Bahia por causa de períodos chuvosos e Hemoba apela por voluntários

A Hemoba possui 29 unidades de coleta distribuídas em todo o estado.

Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) registra redução nos estoques de bolsas de sangue no Estado. A baixa nos estoques se dá pela menor incidência de candidatos à doação em períodos chuvosos, situação observada anualmente pela instituição.

A Hemoba faz um apelo para que as pessoas compareçam aos postos de coleta para doar sangue e ajudar a manter a cobertura do serviço de transfusão nos hospitais e unidades de saúde do estado. Marinho Marques, diretor geral da Fundação, destaca a importante a presença regular dos voluntários.

“O sangue não pode ser fabricado e é insubstituível. Os pacientes que precisam, só conseguem graças à generosidade de quem doa. Nessa época do ano temos uma grande preocupação, pois com as chuvas e a incidência dos feriados, a tendência é diminuir os estoques”, explicou o médico.

A Hemoba possui 29 unidades de coleta distribuídas em todo o estado; destas, quatro são unidades móveis (Hemóveis) que percorrem o território baiano com o objetivo de se aproximar do doador e ampliar a cobertura do serviço. Os interessados em doar sangue devem ter entre 16 e 69 anos de idade (menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal) e apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional. Além disso, o voluntário deve estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 quilos, sendo necessário estar bem alimentado, tendo, preferencialmente, ingerido alimentos sem gordura.

Compartilhe