Espanhola mantida em cárcere privado é libertada em Salvador; marido é suspeito

22

Uma espanhola foi libertada de um cárcere privado, na manhã de domingo (11), no bairro do Imbuí, em Salvador. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, a vítima estava há dois dias impedida de sair de um apartamento no bairro.

De acordo com a capitã Paula Queiros, da Operação Ronda Maria da Penha, o marido da mulher, que é brasileiro, é suspeito de ter retido o passaporte dela para que não voltasse ao país de origem.

“Eles têm uma filha de um ano e oito meses. Encaminhamos ela para a Delegacia Especial de Atendimento a Mulher (Deam) de Brotas, onde foi prestada a queixa”, afirmou a capitã.

Ainda segundo Paula, a vítima não fala bem o português e só conseguia se comunicar via e-mail. A denúncia chegou à unidade por meio da Rede de Atendimento à Mulher em Situação de Violência.