Emissões de CO2 aumentam em 2018

O aumento afasta o mundo da metas estabelecidas pelo Acordo de Paris

Relatório científico anual publicado ontem (5) aponta que as emissões de CO2 (dióxido de carbono) das energias fósseis, a principal causa do aquecimento global, registraram uma alta inédita em sete anos em 2018.

O resultado afasta ainda mais o mundo das metas do Acordo de Paris, que estabelece que a temperatura do planeta só pode aumentar entre 1,5°C e 2°C em relação à era pré-industrial.

As emissões de CO2 ligadas à indústria e à combustão de carvão, petróleo e gás cresceram 2,7% em relação a 2017, após um aumento de 1,6% no ano passado, depois de três anos quase estáveis.