Embrapa promove oficina sobre Reniva em Cruz das Almas

Transferir conhecimentos teóricos e práticos sobre a Rede de Multiplicação e Distribuição de Material Propagativo de Mandioca com Qualidade Genética e Fitossanitária (Reniva) é o objetivo de oficina que a Embrapa Mandioca e Fruticultura (Cruz das Almas, BA), Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, vai realizar nesta quarta-feira (21 de março), das em suas instalações. Com inscrição gratuita, o evento é direcionado a agentes de assistência técnica rural (Ater), de Serviços Territoriais de Apoio à Agricultura Familiar (Setafs), Serviços Municipais de Apoio à Agricultura Familiar (Semafs) e profissionais interessados. Iniciado em 2011 na Bahia, o Reniva visa solucionar uma das maiores dificuldades dos pequenos produtores de mandioca – a de encontrar material propagativo (mudas) de qualidade para a lavoura. “A finalidade da rede Reniva é aumentar a quantidade de mudas geradas a partir de plantas matrizes com qualidade comprovada para, com foco principalmente no pequeno agricultor, contribuir na estruturação da cadeia da mandiocultura, de forma a minimizar os efeitos da baixa produtividade”, afirma Herminio Rocha, um dos coordenadores da rede, que vai explicar, por meio de palestra, o funcionamento da rede.

 

Compartilhe