Em entrevista, Bolsonaro diz que chance de deixar o PSL é 80%

Presidente ainda confessou o sonho de criar uma legenda própria.

Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) confirmou, em entrevista à TV Record, que a chance de deixar o seu partido, o PSL, e fundar um novo partido, é alta. Ele explicou que não quer se comprometer por eventuais erros cometidos pelos dirigentes partidários. “Eu pago a conta sobre qualquer desvio de terceiro no partido. E a mesma coisa acontece no tocante a fundo partidário”, falou o presidente, que recentemente teve uma briga pública com Luciano Bivar, comandante nacional do PSL.

Em uma escala de 0 a 100, Bolsonaro declarou que “80% para sair [do PSL] e 90% para criar um novo partido, que vai começar do zero, sem televisão, sem fundo partidário, sem nada”. O presidente ainda completou revelando que seu sonho seria ter um novo partido até março de 2020 e lançar até 200 candidaturas pelo país nas eleições municipais do próximo ano.

Compartilhe