Em discurso de posse no MEC, pastor Milton Ribeiro defende laicidade

Em seu discurso, o novo ministro afirmou que vai conduzir sua gestão com base em princípios constitucionais e respeitando a laicidade do Estado.

Foto: Reprodução / TV Brasil

O ministro da Educação, pastor Milton Ribeiro, tomou posse hoje (16) em uma cerimônia fechada para a imprensa no Palácio do Planalto. Em seu discurso, Ribeiro afirmou que vai conduzir sua gestão com base em princípios constitucionais e respeitando a laicidade do Estado.

Ribeiro agradeceu à escola pública e afirmou que quer abrir o diálogo no MEC. O novo ministro é pastor da Igreja Presbiteriana, quarto ministro da Educação do governo do presidente Jair Bolsonaro, que participou do evento por videoconferência. O novo ministro disse ainda que nunca defendeu a violência nas escolas, justificando uma afirmação anterior na qual mencionou que crianças devem ser educadas com “dor”.

“Jamais falei de violência física na educação escolar, nunca defenderei tal prática que faz parte de um passado que não queremos de volta. Entretanto, vale lembrar que devido à implementação de políticas e filosofias educacionais equivocadas no meu entendimento, que desconstruíram a autoridade do professor em sala de aula, o que agora existe são episódios de violência física de alguns maus alunos contra o professor. As mesmas vozes críticas da sociedade devem se posicionar contra esses episódios com a mesma intensidade”, argumentou.

Compartilhe