Deam Itinerante irá fornecer atendimento às mulheres vítimas de violência no interior

A delegada-geral, Heloísa Campos de Brito, destacou a importância do projeto.

Foto: Reprodução / SSP-BA

A Deam itinerante, que fornece atendimento às mulheres vítimas de violência, irá percorrer diversas cidades do interior. De acordo com a Polícia Civil (PC-BA), as ações tem início nos dias 27 e 28 de setembro na cidade de Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá. A partir daí, a Deam segue para as cidades de Ipiaú, Itapetinga e Itambé.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), uma equipe especializada deve atuar na delegacia móvel. Serão feitos registros de ocorrências, orientações, além de atividades integradas com os órgãos da rede de atendimento à mulher, disponíveis em cada cidade, serão realizados durante as visitas.

A delegada-geral, Heloísa Campos de Brito, destacou a importância do projeto. “Estamos realizando uma iniciativa inédita, que demonstra o engajamento da nossa Instituição na conscientização e repressão da violência doméstica em todo o estado. Com essa ação, pretendemos garantir que as mulheres de toda Bahia sintam-se assistidas pela Polícia Civil”, disse.

Conforme comentou o delegado Cristiano Mangueira, diretor adjunto do Depin, a atividade do Departamento será potencializada por meio desse projeto. “Com 15 Delegacias Especiais de Atendimento à Mulher distribuídas pelo interior, além de quatro núcleos especializados que funcionam nas Coordenadorias de Irecê, Itapetinga, Santo Antônio de Jesus e Jacobina, a Deam Itinerante vai proporcionar atendimento à mulheres que muitas vezes não tem condições de realizar deslocamentos para outras cidades, dentre outros casos”, informou.

Na primeira etapa do projeto, quatro cidades serão visitadas. Além de Jaguaquara, a Deam itinerante irá percorrer as cidades de Ipiaú (29 e 30 de setembro), Itapetinga (4 e 5 de outubro) e Itambé (6,7 e 8 de outubro).

Compartilhe