De olho no tetra do Baianão, Bahia encara o Bahia de Feira no 1º jogo da semifinal

O contestado time do técnico Cláudio Prates teve uma evolução em termos de resultado e conseguiu a classificação.

Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Menos de 24 horas após ver Rodriguinho erguer a taça da Copa do Nordeste, o torcedor do Bahia tem mais decisão pela frente neste domingo (9). Às 18h, em Pituaçu, a bola rola para o encontro com o Bahia de Feira pela primeira partida da semifinal do Campeonato Baiano.

O contestado time do técnico Cláudio Prates teve uma evolução em termos de resultado e conseguiu a classificação. Para chegar na briga pela taça, os jovens do CT Evaristo de Macedo ganharam em fileira de Atlético de Alagoinhas, Bahia de Feira e Jacuipense. Agora, o técnico tricolor quer uma melhora no desempenho.

“Não tenho nada a reclamar. Internamente resolvemos nossos problemas. Teve comemoração pela classificação pelo merecimento dos meninos. Time jovem. Temos que melhorar na parte ofensiva, mais um pouco de jogo e saber matar os jogos. Eles nos empurraram para trás. Precisamos sair e matar. Precisamos estar mais conscientes disso”, declarou o treinador.

A grande arma do Bahia é Marcelo Ryan, de 18 anos. Nessa temporada, o jogador já marcou 5 gols entre o estadual, Copa Sul-Americana e Copa do Nordeste.

Do outro lado, está o campeão baiano de 2011. Comandado por Oliveira Canindé, o Tremendão chegou até aqui depois de terminar a primeira fase no segundo lugar, com 15 pontos. Foram quatro vitórias, três empates e apenas duas derrotas. O jogador do time do interior a se observar é Deon, artilheiro da competição com quatro gols marcados.

Compartilhe