David Luiz assume culpa na derrota do Arsenal no retorno do Campeonato Inglês

O duelo com o Manchester City foi válido pela 28ª rodada, que estava em aberta antes da pandemia começar.

Foto: Divulgação / Arsenal

O zagueiro David Luiz assumiu a culpa pela derrota do Arsenal para o Manchester City por 3 a 0, nesta quarta-feira (17), forade casa, no retorno do Campeonato Inglês. O jogador, de 33 anos, saiu do banco de reservas para entrar no lugar do espanhol Pablo Marí ainda na etapa inicial, mas falhou feio no primeiro gol do adversário. Depois, ele foi expulso por cometer o pênalti que resultou no segundo gol sofrido pela equipe de Londres.

“Não foi culpa do time, foi culpa minha. Tomei a decisão de jogar. Eu deveria ter tomado uma decisão diferente nos últimos dois meses sobre o meu contrato. Decidir o mais rápido possível sobre isso, mas não tomei essa decisão. Hoje foi culpa minha e estou aqui para assumir”, afirmou em entrevista após a partida.

A decisão que David Luiz se refere é sobre uma possível renovação com o Arsenal. Contratado em agosto do ano passado, ele chegou com vínculo de uma temporada, mas não se decidiu sobre uma prorrogação durante a paralisação do futebol em decorrência da pandemia do coronavírus.

“Hoje o time foi bem, estava jogando bem até isso acontecer. Não quero dar desculpas, apenas assumir meus erros na partida. Eu adoro o clube, quero ficar. O treinador quer que eu fique, então vamos ver o que vai acontecer”, disse o atleta revelado pelo Vitória.

O duelo com o Manchester City foi válido pela 28ª rodada, que estava em aberta antes da pandemia começar. O Arsenal é o nono colocado na tabela de classificação com 40 pontos, cinco a menos do que o Manchester United que é o quinto e neste momento tem a vaga para a próxima Liga Europa. Já o City, segue na segunda posição agora com 60 pontos, 22 a menos do que o líder Liverpool. O time de Londres volta ao gramado no sábado (20), às 11h no horário de Brasília, para visitar o Brighton, pela 30ª jornada da competição.

Compartilhe