Datafolha: aprovação de Mandetta dispara e é mais que o dobro da de Bolsonaro

Levantamento ouviu 1.511 pessoas por telefone, para evitar contato pessoal, e tem margem de erro de três pontos percentuais para mais ou menos.

Foto: Isac Nóbrega/PR

A condução do ministro da Saúde, Henrique Mandetta, é aprovada pela ampla maioria dos brasileiros e antagoniza diretamente com as falas do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido), segundo pesquisa divulgada hoje (3) pelo instituto Datafolha feita de quarta (1º) até esta sexta-feira. O levantamento ouviu 1.511 pessoas por telefone, para evitar contato pessoal, e tem margem de erro de três pontos percentuais para mais ou menos.

Na pesquisa anterior, feita de 18 a 20 de março, a pasta conduzida por Luiz Henrique Mandetta tinha uma aprovação de 55%. Agora, o número saltou para 76%, enquanto a reprovação caiu de 12% para 5%. Foi de 31% para 18% o número daqueles que veem um trabalho regular da Saúde.

Já Bolsonaro teve reprovação na emergência sanitária e viu os índices subirem de 33% para 39%, crescimento no limite da margem de erro. A aprovação segue estável (33% ante 35%), assim como a avaliação regular (26% para 25%).

Nesta semana, Mandetta e Bolsonaro trocaram farpas públicas nesta semana. O presidente disse que responsável pela pasta que cuida do enfrentamento do coronavírus no país está faltando humildade para saber escutá-lo. Em resposta, o ministro declarou que”quem tem mandato popular fala, e quem não tem, como eu, trabalha”.

Compartilhe