Datafolha: 49% dos beneficiários do auxílio emergencial reprovam atuação de Bolsonaro na pandemia

Entre os que não receberam os R$ 600, 46% consideram postura do governo ruim ou péssima.

Foto: Marcos Corrêa/PR

A popularidade do presidente Jair Bolsonaro entre as pessoas que receberam o auxílio emergencial do governo não é positiva. De acordo com pesquisa do Datafolha, divulgada na noite de ontem (30), 49% considera a gestão atual ruim ou péssima durante pandemia do coronavírus.

Além disso, apenas 26% avaliam o governo como bom ou ótimo, outros 24% entendem como regular e 1% não soube responder ao questionamento. A porcentagem dos que classificam o governo como ruim ou péssimo é um pouco menor entre os que não foram beneficiados pelos R$ 600 (46%). Entre estes, 30% consideram a gestão de Bolsonaro boa ou ótima e 24% avalia como regular.

Compartilhe