Cruzeiro japonês em quarentena confirma 20 casos de coronavírus

O primeiro infectado no navio foi um homem de 80 anos, de Hong Kong, que embarcou no cruzeiro em Yokohama.

Foto: Reprodução/ TV Globo

Cruzeiro japonês em estado de quarentena por causa do coronavírus tem 20 casos confirmados da infecção. A embarcação ‘Diamond Princess’ acolhe 3,7 mil pessoas. O Ministério da Saúde do Japão confirmou, de acordo com o G1, que os casos foram identificados após 71 exames em passageiros e na tripulação. Do total de casos confirmados, dez são recentes.

As pessoas que se encaixam nesse caso serão levadas para atendimento médico na cidade de Kanagawa. Os demais, devem permanecer em quarentena no navio. O primeiro infectado no navio foi um homem de 80 anos, de Hong Kong, que viajou de avião para a cidade de Yokohama em 20 de janeiro, embarcou no cruzeiro e desembarcou em 25 de janeiro, ainda em Yokohama. Segundo o G1, ele apresentou tosse um dia antes de começar o cruzeiro, mas não teve febre até dia 30. No dia seguinte, já em Hong Kong, exames atestarem que ele estava com o coronavírus.

O anúncio da quarentena aconteceu dois dias depois de o Japão anunciar que não permitira a entrada de pessoas que tivessem passado pela China nos últimos 14 dias. A infecção já matou 564 pessoas na China e uma nas Filipinas. Há mais de 1,3 mil casos confirmados na China e em 24 países.

Compartilhe