Cruz das Almas: grupo protesta contra o racismo em frente a loja da Le Biscuit; assista o vídeo

O ato foi uma reação contra o episódio ocorrido no dia 20 de novembro, na inauguração da filial.

Foto: Reprodução/WhatsApp

Na manhã deste sábado, 30, um grupo de pessoas se reuniu para uma manifestação em frente à loja da Le biscuit, no centro de Cruz das Almas. Segurando cartazes e entoando palavras de ordem como “racismo não”, e “racistas não passarão”, os manifestantes chegaram a interromper o trânsito durante o protesto contra a discriminação racial. O ato foi uma reação contra o episódio ocorrido no dia 20 de novembro, na inauguração da filial, quando um adolescente foi abordado por seguranças contratados de maneira exacerbada ao escolher uma mercadoria. Visivelmente irritado com a situação, o pai do jovem prometeu processar a empresa “Isso não vai ficar assim”, desabafou.

Veja nota divulgada pela empresa a um site da Capital Baiana.

Em nota a Le biscuit informou que a empresa “é pautada pelo respeito nas relações com seus colaboradores, clientes e parceiros. A Le biscuit afirma que é uma empresa que emprega milhares de colaboradores de todas as raças, preferências e gênero. A rede lamenta o ocorrido e repudia qualquer abordagem que possa caracterizar como discriminatória e está apurando o ocorrido para que possa tomar medidas cabíveis”.

TEXTO: FORTE NA NOTÍCIA

Compartilhe