Coronavac: Doria informa que documentos faltantes foram entregues à Anvisa

Governador afirma que início da vacinação em São Paulo ainda será no dia 25 de janeiro.

Foto: Governo do Estado de São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), informou hoje (11) que os documentos faltantes solicitados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ao Instituto Butantan foram entregues no final de semana. Os dados complementares possibilitam que o órgão faça a análise da Coronavac, desenvolvida em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

Doria questionou a credibilidade do pedido feito pela Anvisa ao Butantan, que enviou um relatório de 12 mil páginas, enquanto as informações fornecidas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), ligada ao Ministério da Saúde, foram logo aceitas.

Segundo o tucano, apesar desse problema, o início da vacinação em São Paulo permanecerá no dia 25 de janeiro. Ele afirma que a análise da Anvisa está em curso. O prazo para o resultado final é de 10 dias.

Compartilhe