Congresso entra em recesso e projetos importantes ficam para 2019

Escola Sem Partido é um dos temas que foram discutidos, mas não votados

O recesso parlamentar começa neste domingo (23) e os trabalhos do Congresso Nacional só serão retomados em fevereiro do ano que vem, já com os novos deputados federais e senadores. Com o descanso, diversos projetos que foram debatidos neste ano não chegaram a ser votados, mas podem voltar a tramitar na nova legislatura.

Entre as propostas, estão a que sugere restringir o foro privilegiado, a que trata da autonomia da Polícia Federal, temas polêmicos como o projeto Escola Sem Partido, a proposta sobre demarcação de terras indígenas, a privatização da Eletrobras e a divisão de recursos da exploração do pré-sal.

Compartilhe