Com maior cheia dos últimos 14 anos, Rio São Francisco tem nível 8 metros acima do normal e preocupa ribeirinhos

Situação preocupa principalmente comunidades de Bom Jesus da Lapa, onde restaurantes já foram inundados e população foi orientada a deixas as casas.

Foto: Defesa Civil/ Divulgação

O Rio São Francisco, um dos mais importantes do Brasil, registra a maior cheia dos últimos 14 anos e está com o nível a oito metros e 24 centímetros acima do normal. Na Bahia, a situação preocupa principalmente as comunidades ribeirinhas da cidade de Bom Jesus da Lapa, sudoeste do estado.

De acordo com a Agência Nacional de Águas, a vazão chega a 4.490 m³ por segundo. Essa marca foi atingida em medições diárias feitas pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), com réguas que existem na Ponte Gercino Coelho.

Restaurantes que ficam na área ribeirinha de Bom Jesus da Lapa foram inundados e a população foi orientada a deixar os imóveis. O nível de água deve continuar subindo porque mais chuvas serão registradas na cidade.

Além disso, as comportas do reservatório de Três Marias, que fica em Minas Gerais, serão abertas nesta quarta-feira (12). A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) explicou que a medida tomada para controlar a subida do reservatório.

Cheia atinge outros estados

Famílias ribeirinhas de outras cidades do país já foram atingidas pela cheia do Velho Chico, e estão sendo retiradas. Parte delas está na região norte do estado de Minas Gerais. Não há feridos e nem desabrigados.

No estado do Alagoas, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil emitiu alerta para sete municípios, sobre o aumento da vazão, porque o nível também deve subir de forma significativa nesta quarta (12), por lá.

Conteúdo G1

Compartilhe