Cidade que foi epicentro de Covid-19 na Coreia do Sul não registra novos casos pelo primeiro dia

Quem violar as regras de quarentena no país pode pagar multa equivalente a R$ 42,7 mil.

Foto: Yonhap News Agency

Considerada o epicentro da Covid-19 na Coreia do Sul, a cidade de Daegu relatou hoje (10) não ter registrado nenhum novo caso da doença. É a primeira vez que isso acontece no local desde o fim de fevereiro. Daegu registrou mais da metade dos casos no país, devido à grande aglomeração causada por um culto religioso realizado na cidade, que demorou a tomar precauções.

A Coreia do Sul virou rapidamente o segundo país com mais casos. Em seguida, o governo implementou uma política de testes em massa, confinamento e distanciamento social para controlar os números. Hoje, o país teve 27 novos casos. A meta do govero sul-coreano é se manter com menos de 50 novas infecções por dia.

No último sábado, o governo prorrogou a campanha de distanciamento social por duas semanas. Quem violar as regras de quarentena pode pagar até 10 milhões de won (R$ 42,7 mil) em multas ou pegar um ano de prisão.

Compartilhe