Celso de Mello se aposenta, aos 74 anos, do STF

Ministro antecipou saída da Corte em três semanas e alegou razões médicas.

Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

O ministro Celso de Mello se aposenta hoje (13), aos 74 anos, do Supremo Tribunal Federal. O decreto já havia sido assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e publicado no começo deste mês pelo Diário Oficial da União.

A saída do ministro ocorre três semanas antes do previsto, que seria em 1º de novembro, quando o decano completará 75 anos, idade em que a aposentadoria é obrigatório no serviço público brasileiro. Ele alegou, no entanto, razões médicas.

Celso de Mello deve ser substituído pelo desembargador Kassio Nunes, que foi indicado por Bolsonaro e aguarda sabatina na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado. Sua aprovação também precisará passar por votação em plenário da Casa.

Compartilhe