CBF deve abrir duas janelas de transferência até o fim do ano devido pandemia

As mudanças no calendário são uma tentativa de ajudar os clubes sobre seus cronogramas em meio a pandemia.

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Com os clubes enfrentando problemas financeiros e com o real desvalorizado em relação ao euro e o dólar, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vai flexibilizar as datas para as janelas de transferência. Em reunião por videoconferência nesta quarta-feira a entidade discutiu sobre dois momentos no calendário para que as negociações de atletas sejam feitas.

Segundo o GloboEsporte.com, duas janelas de transferências serão abertas até o fim do ano. A primeira, que seria iniciada no próximo dia 1 de julho, será adiada para o fim do mesmo mês e deve ser fechada em agosto. A segunda janela deve acontecer entre setembro e outubro. Segundo o site, a CBF ainda não definiu datas exatas para os períodos de negociações.

As mudanças no calendário são uma tentativa de ajudar os clubes sobre seus cronogramas em meio a pandemia, uma vez que, sem a disputa dos jogos, as equipes estão financeiramente fragilizadas.

Compartilhe