Casos de dengue aumentam 340% em Salvador

Também houve aumento nas notificações por zika e chikungunya

Foto: Divulgação/Fiocruz

Relatório divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de Salvador (SMS) ontem (15) aponta aumento nas notificações por dengue, zika e chikungunya.

O parecer analisa os dados de janeiro a setembro deste ano, comparados com os casos do ano passado.

O maior acréscimo foi nas notificações de chikungunya: 1.059%. Este ano, foram 1.009 notificações, contra apenas 87 casos no ano passado.

Em seguida, está o zika vírus, que pulou de 77 casos no ano passado para 489, registrando um aumento de 535%.

Ainda conforme a SMS, nos casos de dengue, o aumento foi de 340%. Foram 1.353 casos de dengue em 2018 e 5.961 neste ano.

O estado é considerado de alerta na capital baiana. A secretaria aponta que, a cada 100 casas, três têm foco do mosquito.

Compartilhe