Câmera de segurança flagra assalto a delicatessen em Salvador; suspeito se passou por cliente

Estabelecimento fica na Avenida Fernandes da Cunha. Jovem suspeito chegou ao local de bicicleta e fingiu que ia comprar água para assaltar caixa.

Foto: Reprodução;/TV Bahia

A câmera de segurança de uma delicatessen na Avenida Fernandes da Cunha, na região dos Mares, em Salvador, flagrou a ação de um jovem que assaltou o estabelecimento, inaugurado há quatro meses.

O caso aconteceu na noite de sábado (16) e deve ser registrado na delegacia nesta segunda-feira (18). As imagens mostram o momento em que ele chegou no local, de bicicleta. Ele abre um dos freezers e pega uma garrafa de água, como se fosse comprar.

Enquanto um cliente faz o pagamento no caixa, o suspeito aguarda na fila como se também fosse pagar. Quando o cliente sai, o suspeito então aborda a funcionária e anuncia o assalto. Ele coloca a mão na cintura, como se tivesse pegando uma arma, mas nas imagens são é possível ver se ele realmente estava armado.

O jovem então pega todo o dinheiro do caixa e sai andando. Ele sobe na bicicleta que estava estacionada e foge do local. O dono da delicatessen, Jessé Oliveira, pediu apoio às autoridades.

“Quatro meses que a gente inaugurou ele já veio e fez isso. No sábado, às 19h30, ele chegou, comprou uma água mineral e em seguida já iniciou o assalto. Ele coloca a mão na cintura e disse que estava armado. A gente não sabe, não é? Aí ele levou todo o dinheiro do caixa. Eu peço às autoridades que nos ajudem, que dê mais atenção aqui à localidade nesse horário, porque fica um pouco deserto. Faço esse apelo para que venham nos ajudar aqui, para que não venha a acontecer mais isso”.

Jessé chamou atenção ainda para o fato de que a Fernandes da Cunha ser uma avenida movimentada, mas esse movimento tende a cair nos finais de semana.

“É uma rua movimentada, mas no final de semana, todos os dias, ela fica mais deserta, muito vulnerável. Estava com cliente, mas o sujeito veio na finalidade de assaltar só o caixa. Pegou só o dinheiro do caixa”, disse.

Compartilhe