Butantan detecta três novas variantes de Covid-19 em circulação no Brasil

As cepas foram identificadas pelo Butantan durante a vigilância de novas variantes por meio do sequenciamento genômico de parte das amostras positivas.

Foto: Reprodução/Pixabay

O Instituto Butantan identificou três novas variantes da Covid-19 em circulação no Brasil. As mutações do coronavírus foram encontradas no estado de São Paulo, em Itapecerica da Serra e na cidade de Jardinópolis.

De acordo com a CNN Brasil, as cepas identificadas pelo Butantan foram a B.1.351, variante sul-africana; a B.1.318, cepa já encontrada na Suíça e também no Reino Unido; e a variante N9, que é uma mutação da variante amazônica P1, já encontrada em vários estados.

O Butantan informou que a variante sul-africana é a que desperta preocupação, enquanto a N9 e a sueca são, por enquanto, variantes de interesse, que devem ser observadas com atenção, mas que ainda não foram associadas ao agravamento da pandemia, destaca a reportagem.

As cepas foram identificadas pelo Butantan durante a vigilância de novas variantes por meio do sequenciamento genômico de parte das amostras positivas diagnosticadas nos laboratórios do Instituto.

A matéria ressalta que a identificação e mapeamento de novas cepas é uma das frentes de atuação do Butantan na pandemia. A partir das descobertas de novas cepas, os cientistas pesquisam como as variantes se comportam em relação ao estado clínico, qual sua relevância no contexto da pandemia e se a vacina CoronaVac é capaz de combatê-las.

Compartilhe