Bolsonaro quer que Ministério da Saúde adote isolamento social apenas para grupo de risco

Ideia é fazer com que 'isolamento vertical' deixe em casa apenas idosos e pessoas com pré-disposição a serem infectadas.

Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) disse que irá pedir ao Ministério da Saúde uma mudança na orientação de isolamento social da população durante a pandemia do novo coronavírus. A medida nova tem como objetivo isolar apenas para idosos e pessoas com outras doenças. A fala foi feita ao deixar o Palácio da Alvorada na manhã de hoje (25).

Ele relatou que vai conversar com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, sobre a decisão do que chamou de “isolamento vertical”. “Conversei por alto com o Mandetta ontem. Hoje vamos definir essa situação. Tem que ser, não tem outra alternativa”, disse Bolsonaro. “A orientação vai ser vertical daqui para frente. Eu vou conversar com ele e tomar a decisão. Não escreva que já decidi, não. Vou conversar com o Mandetta sobre essa orientação”, acrescentou.

Compartilhe