Bolsonaro diz que ‘o bem vencerá o mal’ ao comentar crise no PSL

Presidente iniciou viagem de 10 dias pela Ásia em meio à crise do PSL e ao desastre ambiental que atinge todos os estados do Nordeste.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em caminhada pelas ruas de Tóquio nesta segunda-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que “o bem vencerá o mal” a jornalistas que o acompanhavam. A declaração se deu em referência à crise interna vivida pelo PSL, em que a corrente que o apoia se opõe a ala pró-Luciano Bivar, presidente da sigla.

Bolsonaro afirmou ainda, que “essas coisas acontecem, igual uma ferida que cicatriza naturalmente”. Antes, na noite de sábado (19), ao deixar o Palácio do Planalto rumo à Base Aérea de Brasília para iniciar a sua turnê internacional, o chefe do Executivo foi questionado por jornalistas se continuaria na sigla ao retornar de viagem. “Pergunta para eles”, respondeu.

O presidente iniciou a viagem de 10 dias pela Ásia, onde visitará Japão, China, Emirados Árabes, Catar e Arábia Saudita, em meio à crise do PSL e ao desastre ambiental no Nordeste, em que praias de todos os estados foram atingidos por manchas de óleo.

Compartilhe