Bolsonaro diz que ministro da saúde elabora parecer para desobrigar uso de máscara para vacinados e a quem já se infectou

Afirmação foi feita em soleniade no Palácio do Planalto, quando presidente insistiu em remédios sem eficácia contra Covid-19.

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

Em solenidade no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (10) que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, prepara um parecer para desobrigar do uso da máscara quem já foi vacinado contra a Covid ou quem já se infectou com o coronavírus.

“Ele vai ultimar um parecer visando a desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que já foram vacinados ou que já foram contaminados para tirar este símbolo que, obviamente, tem sua utilidade para quem está infectado”, afirmou Bolsonaro

Em seu discurso, o presidente insistiu no tratamento com hidroxicloroquina e ivermectina, que não têm eficiência contra a Covid-19.

Compartilhe