Bolsonaro diz que educação no Brasil está horrível e que pode escolher novo ministro nesta quinta

Declaração foi dada após a saída de Carlos Decotelli, que ficou apenas cinco dias como titular da pasta.

Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que a educação no Brasil “está horrível” e que pode escolher o novo ministro da pasta ainda hoje (2). A declaração, transmitida em redes sociais de simpatizantes, foi dada na saída do Palácio da Alvorada, durante conversa do mandatário com um grupo de apoiadores.

Uma apoiadora que se identificou como representante de escolas particulares disse a Bolsonaro que a educação “está definhando no Brasil”. “Está definhando? A educação está horrível no Brasil”, respondeu o presidente. Em seguida, Bolsonaro comentou o processo de escolha do novo titular do MEC. “Talvez escolha hoje o ministro da Educação. Deu problema com o Decotelli”, disse o presidente.

Após apenas cinco dias no cargo, Carlos Decotelli pediu demissão do Ministério da Educação na terça (30), devido às revelações de diversas irregularidades em seu currículo.

Compartilhe