Bolsonaro chama CPI de ‘xaropada’ e comenta que comissão ‘bateu muito no Queiroga’

Bolsonaro ressaltou que existem senadores "bem intencionados" atuando na CPI.

Foto: Reprodução / Facebook

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chamou a comissão parlamentar de inquérito (CPI) da Pandemia de “xaropada” e comentou que a sessão desta quinta-feira (6) “bateu muito com o Queiroga”. Bolsonaro participou da transmissão nas redes sociais.

“Cloroquina, cloroquina. O presidente falou, fui tratado e ponto final. Falei com senadores. No mínimo 10 senadores usaram. Quando eu tenho problema de estômago sabe o que tomo? Coca-cola. É problema meu, o bucho é meu. Talvez o meu bucho salvou da facada do Adélio. Podem dar porrada em mim. A guerra do Pacifico, colocavam água de coco, se fosse esperar comprovação. Estava com sintomas outro dia. Nunca vi ninguém morrer por tomar cloroquina. Canalha é quem não tem alternativa. Não tinha insumo e tínhamos que aumentar. Foi um sacrifício conseguir com a Índia. Conversei com o primeiro ministro. Se fabricou no exército. Gastou quanto? Fala quanto canalha”, questionou.

Bolsonaro ressaltou que existem senadores “bem intencionados” atuando na CPI. “Mas tem uns quatro, que sabem tudo. Se coloquem para resolver os problemas. Sei o que é CPI. Sabe qual a minha resposta, frase não mata ninguém. O que mata é desvio de dinheiro. Vamos investigar seu filho?”, disse o presidente direcionando o questionamento ao relator da comissão, o senador Renan Calheiros (MDB-AL).

Compartilhe