Bahia enfrenta o Fortaleza no Castelão com chance de garantir permanência

Com 38 pontos e no 16º lugar, a equipe de Dado Cavalcanti ganhou fôlego no último final de semana e chega para este jogo reforçada com jogadores que voltam ao grupo.

Foto: Rafael Machaddo / EC Bahia

O Bahia pode encaminhar neste sábado (20) a sua permanência na Série A. Na noite deste sábado (20), às 21h, a equipe entra em campo para enfrentar o Fortaleza na Arena Castelão. Em caso de triunfo e tropeço dos rivais Vasco e Goiás na continuação da 37ª rodada, o Esquadrão de Aço se livra da degola.

Com 38 pontos e no 16º lugar, a equipe de Dado Cavalcanti ganhou fôlego no último final de semana e chega para este jogo reforçada com jogadores que voltam ao grupo. Recuperados de lesão, o goleiro Douglas e o atacante Gilberto estão à disposição, assim como o meio-campista Ramon e os atacantes Thiago e Alesson, recuperados da Covid-19, além do meia Daniel, que estava suspenso.

Diante dos retornos e de um adversário com ideias diferentes em relação ao Atlético-MG, o técnico Dado Cavalcanti apontou que deve mudar o esquema da equipe.

“Não tenha dúvida de que vibro com a possibilidade de contar com outros jogadores. Fomos com um grupo reduzido para Minas. Além da quantidade, da variabilidade das posições da nossa equipe… Creio que o Bahia chega mais forte para o jogo contra o Fortaleza”, indicou.

Na contramão dos retornos, o Tricolor não terá o goleiro Mateus Claus, que trata de um edema na coxa, além do lateral-direito João Pedro, que segue em isolamento após ter contraído o coronavírus.

FORTALEZA

Com 41 pontos, o Fortaleza está um pouco menos desconfortável na briga contra a degola. Em casa, o Leão do Pici enxerga a oportunidade de vencer o Esquadrão e garantir o seu livramento. Para isso, não terá desfalques por suspensão ou lesão.

No time titular de Enderson Moreira, um nome conhecido do torcedor do Bahia: Juninho. Ele volta ao time após ter cumprido suspensão automática.

“A gente sempre procura trabalhar com a equipe, seja qual for o lado do campo que o treinador queira nos utilizar, estamos sempre preparados nem que seja de gandula. A gente quer fazer o melhor para equipe, para o clube sempre estar vencendo. Para o jogo contra o Bahia, vamos estar disponíveis para poder ajudar da melhor maneira possível, seja jogando, um, dez, 90 minutos. O mais importante é que o Fortaleza vença e consiga permanecer por mais um ano na Série A. O jogo contra o Bahia é uma final de Copa do Mundo para nós, e o Derley está sempre preparado porque trabalho bastante para ajudar meus companheiros a conquistar as vitórias”, disse o volante Derley.

Compartilhe