Atualize a Caderneta de Vacinação do seu filho

Os cartões de vacinação dos alunos precisam estar em dia.

Com o início do ano letivo, cresce a preocupação com as medidas necessárias para prevenir doenças e garantir o bem-estar das crianças nas salas de aula. Os cartões de vacinação dos alunos precisam estar em dia. Caso alguma vacina esteja em atraso, deve-se atualizá-la de forma urgente para prevenir casos de doenças contagiosas, considerando o convívio em ambientes coletivos.

Medidas preventivas devem ser adotadas pelos pais, responsáveis e pelas escolas, para evitar contágios indesejados. Se houver vacinas em atraso e não aproveitou o período das férias para colocá-las em dia, não se deve perder tempo. Não se vacinar ou impedir que as crianças e os adolescentes estejam desprotegidos, poderá causar enormes problemas para a saúde pública, como o surgimento de doenças graves ou o retorno de algumas de forma epidêmica, como a poliomielite, o sarampo, a rubéola, entre outros.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a vacinação em massa evita entre 2 milhões a 3 milhões de mortes por ano e é responsável pela erradicação de várias doenças. O Ministério da Saúde disponibiliza no Sistema Único de Saúde (SUS), por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI), todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no Calendário Nacional.

Compartilhe