Atividades devem continuar restritas nas próximas duas semanas, estima Rui

Período é prazo inicial para atividades do grupo de trabalho formado pelo poder público e pela Fieb, Fecomércio e Faeb.

Foto: Paula Fróes/GOVBA

As atividades econômicas devem continuar sob restrições pelo menos pelas próximas duas semanas. A estimativa foi dada pelo governador Rui Costa, em entrevista à Record TV Itapoan, nesta sexta-feira (29).

O período é o prazo inicial para atividades do grupo de trabalho formado pelo poder público e pelas federações das Indústrias (Fieb), do Comércio (Fecomércio-BA) e da Agricultura e Pecuária (Faeb). O colegiado vai definir o protocolo de retomada da economia no estado.

De acordo com o governador, é preciso que haja também uma sequência de dias com estabilidade no número de casos ativos do novo coronavírus.

“Tivemos quatro dias sem crescimento, mas ontem teve crescimento de 8%. É preciso ter sequência maior de dias com mais estabilidade, com contaminação sob controle, pra gente não ter impacto elevadíssimo de morte”, disse Rui.

O governador pediu ainda que as pessoas aproveitem o final de semana para seguir as recomendações de distanciamento social. O objetivo é melhorar o isolamento para que haja mais segurança para pensar na reabertura das atividades econômicas.

Compartilhe