Árbitro relata arremesso de copo e invasão de campo durante o Ba-Vi

Gilberto Castro Júnior relatou que um copo foi arremessado por torcedores do Bahia na saída do primeiro tempo.

Foto: Felipe Oliveira/Esporte Clube Bahia

O árbitro Gilberto Rodrigues Castro Júnior, de Pernambuco, responsável pela arbitragem do clássico Ba-Vi ontem (8), vencido pelo rubro-negro por 2 a 0, relatou que o trio do apito foi alvo de um copo arremessado por torcedores do Bahia na saída do primeiro tempo. O juiz também relatou uma invasão de campo após a primeira etapa da partida.

O confronto foi realizado na Arena Fonte Nova somente com a presença de torcedores tricolores em função de uma recomendação do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA). O artigo em questão é o 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata de prevenção e repressão de invasão de campo.

Além da pena de perdas de mando de campo, que pode ser de até 10 partidas, o artigo também prevê uma multa que varia entre R$100 e R$100 mil reais. O mesmo artigo trata da mesma forma o arremesso de objetos em campo.

Compartilhe