Após sugestão do governador Rui Costa, prefeito de Castro Alves revoga decreto e abre comércio

No comunicado, o prefeito ainda informa que será montadas barreiras nas entradas da cidade para que seja identificado casos que precisem de isolamentos ou orientações

O Governador do Estado Bahia, Rui Costa (PT) sugeriu que os prefeitos de cidades baianas sem casos confirmados de coronavírus que não fechassem os seus comércios. Ao saber desta determinação, o prefeito de Castro Alves, Thiancle Araújo (PSDB), acatou tal sugestão revogando o decreto que suspendia as atividades comerciais por 10 dias.

Em um vídeo, o prefeito explica essa nova medida e relata: “suspendemos o decreto de fechamento do Comércio até que não seja identificado nenhum caso de coronavírus em Castro Alves. Surgindo um caso no município, nós divulgaremos novas medidas necessárias porque nossa principal preocupação é com a saúde da população”, informa.

No comunicado, o prefeito ainda informa que será montadas barreiras nas entradas da cidade para que seja identificado casos que precisem de isolamentos ou orientações, “iremos permitir as atividades econômicas, mas iremos controlar o acesso a nossa cidade, porque a gente sabe que tem muitas pessoas vindo de Salvador e até outros Estados, claro que a gente não pode proibir, mas a gente pede que se você vem de uma cidade que tem casos confirmados, ou se seu parente está vindo pede para ele vir e ficar em isolamento pelo menos por 7 dias para identificar se vai surgir algum sintoma. Essa atitude demonstra um aspecto humanitário”, esclarece.

Compartilhe