Após ser presa, professora suspeita de assediar aluna de 13 anos responderá em liberdade

Segundo o advogado da família da vítima, as duas mantinham um relacionamento virtual há cinco meses.

Foto: Divulgação/ Sindipoc

Uma professora de 22 anos foi presa em flagrante na noite de quinta-feira (5), sob suspeita de assediar uma aluna de 13 anos, em uma escola no bairro da Ribeira. Nesta sexta (6), durante audiência de custódia na Central de Flagrantes, situada na Avenida ACM, foi concedido à ela o direito de responder pelo caso em liberdade.

A professora foi presa depois que a família da menina esteve na escola, acompanhada do advogado, para comunicar o fato à direção do Colégio São Luís, no bairro de Vila Ruy Barbosa. Ela foi autuada pelo artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que tipifica aliciamento, assédio, instigação ou constrangimento por qualquer meio de comunicação, com o fim de praticar ato libidinoso.

Em contato com o portal G1, o advogado da família da vítima revelou que as duas mantinham um relacionamento virtual há cinco meses. A professora atuava na escola como estagiária há cerca de um ano. A adolescente disse nunca ter beijado a professora, mas a família não acredita porque as duas se encontravam diariamente na escola.

Compartilhe