Após renúncia de Evo, Bolívia tem noite de saques e incêndios

Oposicionistas e o acadêmico Waldo Albarracin publicaram em redes sociais que suas residências foram incendiadas por apoiadores de Evo.

Brasília – O Presidente da Bolívia Evo Morales, durante Confêrencia de Imprensa no Palácio do Planalto (Antônio Cruz/Agência Brasil)

Lojas foram saqueadas e casas incendiadas na noite do domingo (10) e madrugada desta segunda-feira (11) nas cidades bolivianas de La Paz e Santa Cruz, após a renúncia de Evo Morales à presidência. Depois dos episódios violentos, o comandante geral da polícia, Vladimir Yuri Calderón, também renunciou ao cargo, de acordo com o jornal El Deber. Oposicionistas e o acadêmico Waldo Albarracin publicaram em redes sociais que suas residências foram incendiadas por apoiadores de Evo. Também foi queimada a casa de uma jornalista Televisão Universitária. Houve ainda ataques a pátios de ônibus – em uma das centrais, 33 veículos foram danificados.

Compartilhe