Após 5 meses de investigação, homem é preso acusado de feminicídio, em Santo Amaro

A vítima foi encontrada morta no interior da sua residência.

Após 5 meses de investigação a polícia civil de Santo Amaro efetuou a prisão do pedreiro Anatalicio Luis dos Santos, conhecido como “Curió”, responsável pelo homicídio de Simone Gusmão Ribeiro, ocorrida no mês de agosto do ano passado, crime que chocou os moradores da cidade e causou grande repercussão local.

Simone, que era casada e tinha dois filhos pequenos, era uma pessoa conhecida na cidade, que tinha hábitos simples e não tinha qualquer envolvimento com a criminalidade. A vítima foi encontrada morta no interior da sua residência, sendo seu corpo encontrado com diversos pedaços de fios envoltos no pescoço.

Desde as diversas linhas de investigação, uma delas apontava para a autoria por parte de Anatalicio, entretanto, devido a complexidade do caso, apenas com o aprofundamento das diligências foi possível comprovar o envolvimento do pedreiro.

Na última segunda-feira (7/1), Anatalicio foi preso e, inicialmente negou o crime, contudo, após dois interrogatórios, num total de 12 horas de depoimento, confessou o delito e deu detalhes acerca da ação criminosa e dos motivos que o levaram a ceifar a vida da vítima. O criminoso será indiciado por feminicídio, praticado por motivo fútil e meio cruel.