Ampeb pede a governador para nomear candidato mais votado para chefiar MP-BA

O posicionamento da entidade é apoiado pela Associação Nacional de Membros do Ministério Público (Conamp).

Foto: MP-BA

A Associação dos Membros do Ministério Público da Bahia (Ampeb) encaminhou um ofício ao governador Rui Costa nesta terça-feira (11) pedindo a nomeação do candidato mais votado na lista tríplice para chefiar o Ministério Público baiano (MP-BA). A lista é composta por Pedro Maia (300), Alexandre Cruz (262) e Norma Cavalcante (260).

No documento, a Ampeb afirma que “a nomeação do candidato mais votado se harmoniza com o princípio democrático e com a autonomia do Ministério Público, assim como prestigia a divisão de responsabilidades entre aqueles que votaram na formação da lista tríplice e aquele que detém a prerrogativa da escolha final”, o que concilia valores distintos e princípios previstos, tanto na Constituição Federal, quanto na Estadual.

O posicionamento da entidade é apoiado pela Associação Nacional de Membros do Ministério Público (Conamp). No dia 06 de fevereiro, antes da votação, a Conamp emitiu ao governador baiano ofício reiterando o compromisso das entidades representativas da classe de defender a escolha do mais votado nas eleições para composição da lista tríplice.

Compartilhe