Alckmin espera conquistar até 30% dos eleitores de Bolsonaro

Tucano tem defendido o voto útil contra o PT para crescer nas pesquisas

A campanha de Geraldo Alckmin (PSDB) acredita que, com uma ascensão de Fernando Haddad (PT) nas pesquisas, até 30% dos eleitores de Jair Bolsonaro (PSL) podem migrar para o tucano.

Para conquistar os votos do capitão da reserva, o ex-governador de São Paulo tem defendido o voto útil contra o PT. Tem dito que apoiar Bolsonaro é levar o Partido dos Trabalhadores para a quinta vitória, já que, na visão dele, Haddad venceria no segundo turno para o ex-militar.

Alckmin mudou a posição em relação ao voto útil, que ocorre quando o eleitor decide o apoio para um postulante com mais chance de vencer. Em 2000, ele se manifestrou contra com o argumento de que é uma medida “contra a democracia”.