Agora é para nós retomarmos o governo do Brasil, diz Dirceu em reencontro com Lula

"E para isso nós precisamos deixar claro que nós somos petistas, de esquerda e socialistas", disse ex-ministro.

Foto: Reprodução/ Twitter

O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu se reencontrou com o ex-presidente Lula na noite de ontem (8), pouco depois de os dois saírem da prisão, em Curitiba. De acordo com a coluna da Mônica Bergamo, da Folha, eles foram a uma festa para o ex-presidente na capital do Paraná, no apartamento de um amigo no bairro Batel.

Dirceu gravou um vídeo ao lado do vice-presidente do PT, o deputado estadual Emídio de Souza (PT-SP), que apresentou ele como “grande companheiro, nosso comandante José Dirceu, que também saiu da prisão graças à decisão tomada ontem [quinta, 7] pelo STF”.

O ex-ministro agradeceu aos militante petistas pela solidariedade e afirmou que é preciso trocar a bandeira “Lula livre” pela retomada do poder, deixando claro a defesa do socialismo.

“Eu estava na trincheira da prisão. Agora estou aqui de novo na trincheira da luta. Agora não é [a] do Lula livre. Agora é para nós voltarmos e retomarmos o governo do Brasil”, disse Dirceu. “E para isso nós precisamos deixar claro que nós somos petistas, de esquerda e socialistas. Nós somos tudo o contrário do que esse governo está fazendo”, completou.

Compartilhe