Acusado de matar empresário, Iuri Sheik deixa penitenciária após Habeas Corpus

De acordo com informações do PNotícias, o desembargador Eserval Rocha, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) acatou o pedido de Habeas Corpus.

Foto: Reprodução / Instagram

Preso desde junho de 2019 após ser acusado de matar o empresário baiano William Oliveira durante São João de Santo Antônio de Jesus, o influenciador digital Iuri Sheik vai deixar o Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador nesta segunda-feira (14).

De acordo com informações do PNotícias, o desembargador Eserval Rocha, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) acatou o pedido de Habeas Corpus. A defesa de Sheik já vinha tentando há meses uma soltura, reforçando, inclusive, o perigo de contrair o novo coronavírus, mas todos os pedidos anteriores tinham sido negados.

Vale dizer que, segundo o site Voz da Bahia, na época a família da vítima pediu uma ação indenizatória de R$ 1 milhão contra Sheik. O valor é para auxiliar as três filhas – que possuem entre 6 e 9 anos – do empresário que faleceu. Além da indenização, a família também acionou a Justiça com um pedido de pensão por morte no valor de um salário mínimo (R$ 998,00) para cada criança.

Compartilhe